concertos

Pavilhão Japonês do Ibirapuera recebe recital de instrumentos clássicos orientais

O recital de Yoko Nishi, com participação de Shen Kyomei, conta com o apoio da Fundação Japão em São Paulo

 

O próximo feriado de 15 de novembro trará uma atração especial ao Pavilhão Japonês do Parque do Ibirapuera, em São Paulo. Trata-se de um recital de instrumentos clássicos japoneses, aberto ao público de todas as idades, a partir das 11h30.

Sob o tema “Música no Pavilhão”, a musicista Yoko Nishi apresentará composições clássicas japonesas ao som do koto, instrumento de cordas dedilhadas, semelhante a uma grande cítara. O evento também recebe como convidado Shen Kyomei Ribeiro, que se apresentará com seu shakuhachi, flauta tradicional japonesa de bambu.

O Pavilhão Japonês do Parque Ibirapuera está localizado próximo ao Planetário/Museu Afro Brasil, com entradas pelos portões 3 ou 10 do parque. Os ingressos para a entrada no Pavilhão variam de R$ 5 a R$ 10, sendo gratuitos para menores de 4 anos ou maiores de 65 anos.

Os artistas

YOKO NISHI

Natural da cidade de Wakayama, no Japão, Yoko Nishi transita tanto no repertório tradicional, quanto contemporâneo de koto. Iniciou seu aprendizado no estilo Ikuta, aos quatro anos de idade, sob a tutela dos músicos e compositores Tadao Sawai e Kazue Sawai.

Em 1980, aos 16 anos, foi premiada no concurso de Sankyoku. Ao se graduar na Tokyo University of the Arts, apresentou-se no Palácio Imperial como representante da universidade em evento organizado pela Agência da Casa Imperial. Em 1993, tornou-se trainee de arte para a Agência de Assuntos Culturais. Em 1993, deu seu primeiro recital solo em Tóquio. A partir de 2008, apresentou-se em festivais internacionais ao redor do mundo, incluindo países como Suíça, Reino Unido, Estados Unidos, Alemanha, China, Hungria e Lituânia.

Em 2013, lançou o álbum “The Magic Dragon”, um trabalho de canções próprias. Do ponto de vista mais fundamental entre a tradição e a modernidade, olha para o koto e persegue a música com pensamentos livres e sensibilidade. Vem promovendo o intercâmbio internacional de música de koto e atividades intimamente relacionadas com a área e sua província natal (Wakayama). Suas atividades de criação e ensino de koto são divulgadas em uma nova forma, podendo se conectar profundamente com o mundo e a sociedade.

SHEN RIBEIRO

Natural de Botucatu, teve uma educação musical tradicional até 1987, quando partiu para o Japão. Estudou shakuhachi e ingressou na Universidade de Belas Artes de Tóquio, tendo sido convidado a tocar para o Imperador do Japão. Entre os CDs que gravou está Brazilian Music for the Shakuhachi, projeto que uniu a flauta tradicional japonesa à música popular brasileira.

Retornou ao Brasil em 2003, e desde então é diretor do Estúdio Salaviva, da Associação Cultural Cachuera! Como concertista, vem apresentando-se em inúmeras salas do Brasil, Japão e Europa, interpretando um repertório que mescla temas clássicos e populares. Em 2013, recebeu a nomeação de Shen “Kyomei” (mestre em shakuhachi), da Associação Chikumeisha do Japão.

Participou dos encerramentos das Olimpíadas 2016 no Rio de Janeiro interpretando no shakuhachi Canto de Xangô, de Baden Powell. É presidente da Associação Brasileira de Música Clássica Japonesa e, desde maio de 2017, assumiu a vice-presidência da Comissão de Administração do Pavilhão Japonês do Parque Ibirapuera.

Música no Pavilhão – recital de koto de Yoko Nishi

Convidado Shen Kyomei Ribeiro, shakuhachi

Data: 15 de novembro de 2017

Horário: 11h30

Local: Pavilhão Japonês do Parque Ibirapuera (próximo ao Planetário/Museu Afro Brasil)
Endereço: Av. Pedro Álvares Cabral – Portões 03 e 10

Ingressos: R$ 10,00 – adulto | R$ 5,00 – estudantes, crianças de 5 a 12 anos e idosos de 60 a 65 anos (menores de 4 anos e idosos acima de 65 anos, entrada gratuita)
Mais informações: (11) 3208-1755

Acesso a veículos mediante uso de Zona Azul (estacionamento dentro da área do Parque Ibirapuera): Av. Pedro Álvares Cabral: Portão 03 | Av. República do Líbano: Portão 07
Alternativa: Estacionamento da ALESP – Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (disponível das 11h às 18h)

Realização
Associação Brasileira de Música Clássica Japonesa

Apoio
Fundação Japão em São Paulo, Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social

Related Posts

  • 100
    REFLUXO Diferente de tudo o que já foi feito no espaço, o cenário concebido pelo próprio diretor, convida a plateia a imergir nas dependências do edifício residencial onde se desenvolve a trama, acompanhando tudo do ponto de vista do ascensorista, Dário (Maurício de Barros). A manipulação do cenário é realizada…
    Tags: de, a, do
  • 100
    Peça teatral "Viagens Perigosas" será apresentada com patrocínio do Ministério da Cultura e da AngloGold Ashanti  Os alunos de escolas públicas da cidade de Crixás (GO) terão a oportunidade de assistir uma peça de teatro gratuita sobre as consequências do uso de drogas. Serão realizadas 10 apresentações da peça teatral…
    Tags: de, a, do
  • 100
    Boletim funarte SP-20 a 30 de julho Complexo Cultural Funarte São Paulo Alameda Nothmann, 1058 | (11) 3662 5177   Teatro de Arena Eugênio Kusnet Rua Dr. Teodoro Baima, 94 | (11) 3256 9463   www.funarte.gov.br www.facebook.com.br/Funarte.SP https://twitter.com/FunarteSp Editais de ocupação Estão abertas as inscrições para o editais de ocupação dos espaços…
    Tags: de, a, do
  • 100
    Nos dias ​01 e 02​ de Julho,​estará em cartaz o espetáculo Sem Ana na mais nova sala de teatro de Porto Alegre: a sala Heiner M​ü​ller, no NEELIC, espaço inaugurado no início deste ano pelo grupo de mesmo nome, que atua na capital gaúcha desde 2003. O espetáculo, com ​concepção e…
    Tags: de, a, do
  • 100
    Vida do ator Marcelo Marrom contada com muito humor, além de apresentar o quadro “Música por Encomenda”     O humorista Marcelo Marrom prorroga temporada do espetáculo “Juro que é Verdade” no Teatro Folha até 26 de agosto. Sessões acontecem aos sábados, meia-noite. Marcelo Marrom conta um pouco da sua…
    Tags: de, a, do

Deixe uma resposta