Festivais

Palco Giratório celebra 20 anos e consagra-se como maior circuito de artes cênicas do país

Em 2017, o projeto do Sesc contará com 685 apresentações artísticas em 144 cidades.

Releitura inédita a partir da obra de Shakespeare abre a programação

 

O Palco Giratório, circuito de artes cênicas do Sesc, completa 20 anos de existência e cai na estrada para a temporada 2017. A partir do dia 29 de março, até dezembro, o projeto visitará 144 cidades em 26 estados e no Distrito Federal, com espetáculos e intercâmbios artísticos. Este ano, o Palco Giratório contará com a participação de 20 companhias, que somarão 685 apresentações artísticas e 1.188 horas de oficinas.

O lançamento será na cidade de Campina Grande, na Paraíba, com exibição inédita de uma releitura da obra de Shakespeare, feita por Augusto Boal (1931-2007), ‘Caliban – A Tempestade de Augusto Boal’, da Tribo de Atuadores Oi Nóis Aqui Traveiz, e ‘Ledores no Breu’, peça paulista da Cia. Do Tijolo, inspirada no pensamento e na prática do educador  Paulo Freire, nas obras do poeta Zé da Luz e de Guimarães Rosa.

“O Palco Giratório é um projeto que vai além do circuito de espetáculos, pois leva ideias, provocações e questões lançadas pela curadoria para o Brasil, incluindo cidades pequenas. São 20 anos disseminando as artes cênicas, em diferentes manifestações e linguagens culturais, promovendo intercâmbio de modos de fazer, criar, pensar e sentir”, ressalta Raphael Vianna, técnico de Artes Cênicas do Sesc.

Com uma curadoria formada por profissionais do Sesc, a programação selecionada para o Palco Giratório apresenta anualmente uma amostra importante da produção cênica brasileira. Os espetáculos são apresentados simultaneamente, percorrendo todos os estados brasileiros. Entre os destaques também está a peça ‘Caranguejo Overdrive’, da Aquela Cia. de Teatro, vencedora de três prêmios Shell, e ‘DNA de DAN’, Prêmio Funarte de Dança Klauss Vianna.
Além dos espetáculos principais, nesta edição o Palco Giratório contará com seminários, onde serão discutidos aspectos relevantes das artes cênicas e políticas públicas para o teatro, entre outros temas. “Refletir sobre os 20 anos do Palco Giratório é  uma oportunidade ímpar para ampliar as principais discussões que atravessam o projeto, apontando assim para  uma perspectiva de futuro”, destaca Raphael.
Também serão realizadas oficinas, mostras e encontros locais de arte e cultura, idealizadas com o objetivo de promover e incentivar as manifestações artísticas regionais, fomentando a troca de experiências.

O Sesc também promove o Pensamento Giratório, um espaço aberto ao público para reflexão e discussão sobre o trabalho e pesquisa dos grupos itinerantes.


Homenagem à Tribo de Atuadores Oi Nóis Aqui Traveiz

Nesta 20ª edição, o Palco Giratório contará com a participação da Tribo de Atuadores “Oi Nóis Aqui Traveiz”, do Rio Grande do Sul, que estreará seu mais novo espetáculo – “Caliban – A Tempestade de Augusto Boal” – no circuito. A montagem é um trabalho de rua que celebra os 39 anos do coletivo, um dos mais relevantes do país.

O espetáculo apropria-se da peça de Shakespeare e do pensamento do poeta, ensaísta e crítico literário cubano Roberto Fernández Retamar para questionar a exploração da América do Sul pelo colonialismo europeu e para discutir a postura neocolonialista dos Estados Unidos.

Destaque no cenário nacional por promover a abertura de renovadas perspectivas para o teatro na rua e a ocupação do espaço público como potencializador de reflexões políticas e estéticas, a Tribo passará por 19 cidades ao longo do ano, apresentando sua montagem.

 

Duas décadas: o Palco Giratório em números

Reconhecido como uma das maiores iniciativas no segmento de artes cênicas do país, o Palco Giratório é uma rede de intercâmbio e difusão das artes cênicas consolidada no cenário cultural brasileiro. Ao longo de 19 edições, levou uma grande variedade de gêneros e linguagens artísticas para um público diversificado em 9.526 apresentações em todo o país, entre grupos de teatro de rua, circo, dança entre outras linguagens artísticas — em instalações do Sesc, praças e outros espaços urbanos.
A programação completa do Palco Giratório e outras informações podem ser obtidas no site www.sesc.com.br/palcogiratorio/

Deixe uma resposta