musical teatro

Musical infantojuvenil O Bebê que não dormia e trocava a noite pelo dia estreia no Teatro Jaraguá em 21 de outubro

Com texto de Veridiana Toledo e direção de Marcelo Galdino, comédia musical apresenta a saga de pais de primeira viagem que tentam de tudo para ter apenas algumas horas de sono. No elenco estão os atores Veridiana Toledo, Luciano Gatti, Marcelo Diaz, Lívia Ziotti e Diego Rodda

Depois do sucesso de seu monólogo cômico “Meu Trabalho é um Parto”, em que interpreta 12 personagens, a atriz e dramaturga Veridiana Toledo volta a narrar os apuros e os dilemas enfrentados por pais de primeira viagem na comédia musical infantojuvenil O bebê que não dormia e trocava a noite pelo dia. Escrito em 2012, o texto é levemente inspirado na experiência pessoal da autora e do diretor Marcelo Galdino com o nascimento de seu filho Ian.

Em cena, Veridiana e os atores Luciano Gatti, Marcelo Diaz, Lívia Ziotti e Diego Rodda contam em tom fabulesco as aventuras de um casal que está há meses sem dormir porque seu bebê trocou o dia pela noite, o que acontece com muitos recém-nascidos. Para tentar solucionar esta questão, eles buscam ajuda em muitos lugares. Eles chegam até a viajar ao Japão com a esperança de que o fuso horário ajude o filho a descansar na hora que eles querem.

Quando eles voltam dessa viagem, percebem que o bebê passa a dormir à noite naturalmente e que todos os esforços foram inúteis. A ideia da montagem é criar uma reflexão sobre o desejo do homem contemporâneo de controlar a natureza de acordo com as necessidades de sua vida acelerada, ignorando o tempo real das coisas.

Para dar suporte aos divertidos tropeços do casal, os atores, que se revezam em diferentes papéis, interpretam ao vivo uma série de canções compostas especialmente para a peça por Marcelo Galdino e Diego Rodda. Cada tema homenageia um estilo musical brasileiro.

O cenário é construído com objetos e instrumentos musicais, que adquirem diferentes funções de acordo com as demandas da encenação. Um carrinho, por exemplo, é usado ora como berço, ora como carrinho de bebê, ora como um avião. Uma caixa branca é usada para a projeção de sombras e para delimitar o espaço de representação.

Sem qualquer forma de fomento, o espetáculo só pôde ser realizado cinco anos depois de escrito, graças a uma campanha de vendas antecipadas de ingressos, crowdfunding, que também ajudou a para produzir um CD com a trilha sonora original e um livro com o texto da montagem.

No dia 8 de outubro o livro com o texto do espetáculo será lançado na Casa das Rosas. O evento acontecerá das 15h às 18h, durante uma feira de livros infantis.

VERIDIANA TOLEDO – AUTORA, ATRIZ E PRODUTORA

Formada pelo Teatro Escola Célia Helena e pelos institutos ingleses École Philippe Gaulier e Desmond Jones School of Mime and Physical Theatre, a atriz e dramaturga paulistana Veridiana Toledo é conhecida por sua versatilidade e humor em espetáculos infantojuvenis. Ela ganhou o FEMSA de melhor atriz em 2009, pela participação na peça “A Odisseia de Arlequino” e foi indicada na mesma categoria aos prêmios Coca-Cola, APETESP e PANAMCO.

Com apenas 42 anos, Toledo já atuou em mais de 40 peças teatrais adultas, infantis e musicais, como seu monólogo cômico “Meu Trabalho é um Parto” (que deu origem a um blog homônimo) e “Atreva-se”, com direção de Jô Soares. Na televisão, participou das novelas “Cristal”, “Esmeralda”, “Revelação” e “Vende-se um véu de noiva”, todas do SBT, e apresenta, desde 2010, o programa “Lar Express”, no Canal Bem Simples.

No cinema, atuou nos filmes  “Nina” (2004), de Heitor Dhalia; ”Cabra-Cega” (2005), de Toni Venturi; e “Lascados” (2014), de Vitor Mafra. Ela também trabalha como mestre de cerimônias e locutora de spots de rádio, comerciais e vídeos institucionais. Além disso, é  coach de atrizes e atores mirins no ESPAÇO 483.

MARCELO GALDINO – DIREÇÃO E COMPOSIÇÃO MUSICAL

Formado em Artes Cênicas pela ECA-USP e pós-graduado em Processos de Ensino e Aprendizagem no Ensino Superior pela FMU, o ator e diretor Marcelo Galdino desenvolve uma pesquisa sobre metodologias de ensino de teatro para crianças que vivem em abrigos. Nos anos de 1980, integrou os grupos Macunaíma e CPT, ambos de Antunes Filho. Desde então, atuou em mais de 50 peças, dirigiu 13 espetáculos e participou de 13 novelas, duas minisséries e três especiais da TV Cultura.

Seus principais trabalhos no teatro são “Macunaíma”, “Romeu e Julieta”, “Hair e Les Demoiselles” e “As Mansões Celestes”; e na televisão, as novelas “O Rei do Gado”, “Meu Bem, Meu Mal” e “Cúmplices de um Resgate”. Recentemente, em 2016, dirigiu 17 crianças em uma montagem profissional de “Os Livros que Mudaram Minha Vida”, um texto de sua autoria.

Galdino é professor na Oficina de Atores e já ministrou as disciplinas de Metodologia do Ensino em Artes Visuais, Jogos Teatrais, Corpo Ritmo e Movimento, Desenvolvimento de Projetos em Artes na Educação e Práticas Inclusivas e Metodologias Ativas, no curso de licenciatura em Artes Visuais da FMU. É casado com a atriz e autora Veridiana Toledo.

SINOPSE

Um casal se envolve em uma grande aventura à procura de uma solução para regular o sono de seu bebê, que trocou a noite pelo dia, fato muito comum para recém-nascidos. Depois de pedirem ajuda a um galo tradicionalista, ao Sol, a uma coruja moderna e a um coral de bichos, papai e mamãe embarcam em uma viagem ao Japão. Eles acreditam que apenas o fuso horário será capaz de ajudá-los na luta por algumas horinhas de sono.

FICHA TÉCNICA

Texto: Veridiana Toledo

Direção: Marcelo Galdino

Elenco: Veridiana Toledo, Luciano Gatti, Marcelo Diaz, Lívia Ziotti e Diego Rodda

Cenografia: Marcelo Galdino

Iluminação: Hugo Peake

Figurinos e Adereços: Veridiana Toledo

Letras e Músicas: Marcelo Galdino e Diego Rodda

Produção Executiva: Camila Sartorelli e Robson Mello

Direção de Produção: Veridiana Toledo

Assessoria de imprensa: Pombo Correio
Realização: 
Maria Lua Produções Artísticas

SERVIÇO

“O Bebê Que Não Dormia e Trocava a Noite pelo Dia”, de Veridiana Toledo

Teatro Jaraguá –  Rua Martins Fontes, 71, Centro

Temporada: de 21 de outubro a 10 de dezembro

Aos sábados e domingos, sempre às 16h

Ingressos: R$ 60,00 (inteira) e R$ 30,00 (meia-entrada)

Informações:

Duração: 60 minutos

Classificação: livre

Lotação: 265 lugares

Related Posts

  • 100
    DE 23 DE JULHO A 24 DE SETEMBRO DE 2017. Texto: Carlos Fernando de Barros e Vitor Oliveira Direção: Marcio Rosario Elenco:Vanessa Goulartt, Marino Canguçu, Amanda Borges, Rafael Costa, Claudia Pool, Renan Altavista e Welligton Coelho Figurinos: Reinaldo Patrício Desenho de Luz: Gabriel Greghi e Marcio Rosario Cenografia: Claudia Ayoub…
    Tags: de, a, que
  • 100
    “Yerma ou quanto tempo leva para transbordar um balde” Livremente inspirado em YERMA, de Federico García Lorca.   Dia 04 de agosto estreia Yerma, do Teatro Ateliê, no Teatro Renascença. Um espetáculo adulto que trata de desejos, anseios e quereres de uma sociedade que cria códigos de conduta moral e de…
    Tags: de, a, que
  • 100
    Sucesso de público e crítica, o espetáculo SONHO DE UM HOMEM RIDÍCULO, com Celso Frateschi e direção de Roberto Lage, reestreia dia 6 de outubro, sexta-feira, às 21 horas, no Ágora Teatro. O espetáculo, que estreou em 2005, é baseado no conto homônimo do escritor russo Fiódor Dostoiévski, publicado pela…
    Tags: de, a, que
  • 100
    SILENCIO DAS SOMBRAS     Monólogo de Tárlia Laranjeira Direção: Geuder Martins   De 03 a 26 de outubro, às 20h, na Sede das Cias Sessão para Convidados: 03 de outubro, terça-feira Estreia para o Público: 04 de outubro, quarta-feira   A Montagem:   Silêncio das Sombras lança um olhar ao universo da pedofilia reunindo fragmentos de…
    Tags: de, a, que
  • 100
    Créditos: Maria Tuca Fanchin   A vida não é muito divertida para as duas crianças presas na Ala Infantil do Hospital Sta. Ruth Dos Olhos Machucados. Até a chegada de um novo menino que logo lidera uma rebelião no hospital contra o severo regime disciplinar da Enfermeira Maristela. Munido de…
    Tags: de, a, que

Deixe uma resposta