musical

MUSICAL FAZ ADAPTAÇÃO DO LIVRO “VIDAS SECAS”

Apresentação do Grupo Artemis de Teatro será no dia 17 de janeiro no Centro Cultural da Juventude

 

Um clássico da literatura brasileira, o livro “Vidas Secas”, de Graciliano Ramos, ganhou por parte do Grupo Artemis de Teatro, uma adaptação para os palcos. A história da família de retirantes nordestinos agora é retratada em um musical, com uma trilha sonora que passa pelos mais diversos ritmos brasileiros, como forró, maracatu e cantigas de ninar. O espetáculo “Vidas Secas: O musical” terá apresentação única no dia 17 de janeiro, no Centro Cultural da Juventude.

O musical traz quatro atores que interpretam os integrantes da família: Fabiano, Sinhá Vitória e seus filhos. No meio deles, um quinto ator atua como um manipulador de marionetes, controlando o esqueleto da cachorra Baleia. A história é narrada por meio de cantorias, em que cada personagem conta um pouco de si, a partir de composições feitas especialmente para eles. “Cada personagem tem suas próprias características musicais, que tiramos a partir do livro, e nele também buscamos inspirações para a construção das letras, para que fossem fiéis a cada personagem”, conta o diretor geral da peça, Rafael de Castro, fundador do grupo.

Mesmo sendo um musical de uma obra escrita na década de 30, os aspectos da história original se mantiveram, buscando manter extrema fidelidade à obra de Graciliano Ramos. Segundo o diretor, uma das ideias da adaptação é tirar a visão negativa do livro como algo entediante e incentivar a sua leitura. “Acreditamos que uma adaptação musical dialoga muito com o público, que tem nos dado um retorno muito positivo, inclusive motivando a leitura da obra”, diz Castro. E complementa: “Percebemos que o trabalho vai além do mero entretenimento, também é educação”.

 

Grupo Artemis de Teatro

O Grupo Artemis de Teatro completou 17 anos em 2017 e foi criado pelo pedagogo, ator e diretor Rafael de Castro. A companhia trabalha pelo desenvolvimento de pilares fundamentais para um mundo melhor, tais como educação, cultura, meio ambiente e inclusão social. Além de “Vidas Secas: O musical”, o grupo também trabalha com outras adaptações musicais e peças de teatro.

 

Serviço: Centro Cultural da Juventude. Rua Dep. Emílio Carlos, 3641, Vila Nova Cachoeirinha. Próximo do Terminal de Ônibus Cachoeirinha. Zona Norte. Tel. 3343-8999. 60min. Livre. Dia 17/01, 16h. Grátis.

 

 

www.emcartaz.prefeitura.sp.gov.br

 

Related Posts

Deixe uma resposta