agenda cursos

Liane Venturella, Paulo Guimarães, Paula Finn, Krishna Sharana, Adriana Deffenti, Emir Rossoni, entre outros, são os mestres do verão do MEME Santo de Casa

Oficinas literárias, de teatro, dança, castanholas, gastronomia e maquiagem artística ocupam o casarão cultural da Cidade Baixa

 

Verão no MEME é como água geladinha no calor: um prazer genuíno para quem está aproveitando esse período mais calmo pra exercitar o lúdico, a troca, a amizade, o coletivo e tirar dessas vivências o aprendizado pra seguir firme e fortalecido os seus caminhos. As oficinas de verão do MEME já são referência quando se fala em qualidade, graças à trajetória da casa e aos mestres convidados e residentes. Gente com larga experiência nos segmentos propostos ocupará o espaço para compartilhar um pouco dos seus conhecimentos em aulas incríveis de dança-teatro, castanholas, flamenco, dança contemporânea, literatura, teatro, dança indiana, gastronomia e maquiagem artística.

 

O MEME Grupo de Pesquisa do Movimento nasceu de uma oficina de montagem ministrada pelo coreógrafo e bailarino Paulo Guimarães (ex-integrante da Quasar Cia. de Dança) no projeto Movimentos Incessantes – Porto Alegre Cidade Que Dança, realizado em 2004 pela Secretaria Municipal da Cultura/Prefeitura de Porto Alegre. Desde então tem desenvolvido intensas atividades, incluindo a direção de espetáculos premiados como ‘Teresinhas’ e a abertura de um espaço próprio: o MEME Santo de Casa Estação Cultural, que veio suprir a necessidade de um espaço em tempo integral, onde fosse possível a experimentação e o desenvolvimento de processos de criação do grupo. O Centro já se firmou como um espaço onde a dança convida outras linguagens artísticas promovendo o intercâmbio, a experimentação e o diálogo de processos híbridos de criação artística.

 

As oficinas de verão deste ano estão com inscrições abertas e com muitas possibilidades de valores e descontos/combos. De segunda a sexta das 9h às 19h. Informações pelo telefone 3019.2595 ou e-mail centromeme@centromeme.com.br

 

 

PROGRAMAÇÃO:

 

Dança Indiana estilo Bharata Natyam / com Krishna Sharana

05, 12, 19 e 26 de janeiro, sextas, das 18h às 20h

Investimento: R$ 130,00

 

O Bharata Natyam, um dos estilos mais autênticos da dança clássica indiana, é baseado na escritura milenar das artes performáticas do sul da Ásia, o Natya Shastra e é conhecido pela graciosidade, ritmos complexos, exatidão corporal, expressões teatrais e poses esculturais. Nesta oficina o aluno terá a oportunidade de conhecer e praticar todas as nuances desse estilo e também aprender uma pequena coreografia baseada na rica iconografia e mitologia indianas. A proposta consiste em quatro aulas intensivas de duas horas cada com teoria, prática e aprendizado de coreografia material didático incluso (apostila digital e músicas) aberto a todos os sexos – faixa etária a partir dos 16 anos.

Krishna Sharana é professora, coreógrafa e dançarina de Bharata Natyam há 21 anos. Realizou 12 viagens de aperfeiçoamento à Índia. Primeira brasileira a receber os títulos “Nrithya Shiromani” do Governo da Índia e “Vaishnavi Swarna” da Vaishnavi Natyashala Trust, por sua contribuição a cultura indiana no Brasil. Única profissional de dança indiana no estado do RS e uma das referências do estilo no país.

 

 

No Caminho do Coração: Oficina de danças circulares sagradas / com Cintia Kovara

08, 15, 22 e 29 de janeiro, segundas, das 17h30 às 18h30

Investimento: R$ 33,00 a aula avulsa ou R$ 110,00 a jornada. Desconto de 10% à vista

 

Através da leveza das Danças Circulares e de mãos dadas, os alunos embarcam nessa grande aventura. O silêncio, a alegria, a conexão e a cura serão os guias desses quatro encontros onde cada um desses temas será abordado através de danças que trazem essa energia. A profundidade do silêncio, as celebrações da alegria, a importância vital das conexões e, enfim, a cura que se aproxima e que está dentro de cada um.

 

Cintia Maria Kovara é educadora física com Pós Graduação em Pedagogias do Corpo e da Saúde. Graduanda do Curso de Dança da ESEFID – UFRGS e trabalha na Prefeitura de Porto Alegre com Danças Circulares e Ginástica Artística para crianças.

 

 

Ballet for Life: exercícios funcionais e um mergulho no universo do ballet / com Raquel Uhr

08 a 31 de janeiro, segundas e quartas, das 18h30 às 20h

Investimento: R$ 120,00 (uma vez por semana) R$ 150,00 (duas vezes por semana)

Para alunos regulares: R$ 100,00 (uma vez por semana) R$ 130,00 (duas vezes por semana)

 

Uma aula diferente, que utiliza os conceitos do ballet clássico em exercícios de solo e barra. Uma aula completa de movimentos que ajudam a trabalhar a postura – deixando o corpo longilíneo, melhoram o tônus muscular, a flexibilidade, a respiração e o equilíbrio. Além disso, as aulas trabalham a memorização, ajudam a adquirir agilidade, músculos alongados, alinhamento corporal e força abdominal e lombar. Isso acontece porque o abdômen é um dos centros de força do corpo e, consequentemente, é muito exigido durante a execução das posturas. As pernas e os braços são trabalhados ao máximo também. Os músculos ficam bem definidos, porém alongados, com resultado completamente diferente daquele de quem costuma exagerar na musculação. Não há pré-requisitos.

Raquel Uhr deu início a sua formação de balé clássico aos cinco anos de idade em uma das mais tradicionais escolas de Ballet de Porto Alegre, onde permaneceu por 13 anos. Em 2014, através de um projeto cultural do departamento acadêmico da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) ministrou aulas de balé para adultos onde vivenciou uma nova forma de ensinar e de desenvolver o balé como forma de condicionamento físico e dança.

 

 

Construção de personagem / com Liane Venturella
8, 15 e 22 de janeiro, segundas, das 20h às 23h

 

A cada nova montagem o artista cênico encontra-se frente ao recomeço. Esta oficina foi elaborada para auxiliar artistas, estudantes e interessados a desenvolverem uma sistemática particular de trabalho, uma prática que ajude a utilizar de maneira específica seu corpo e suas possibilidades de criação de outras personagens. As aulas começam com um aquecimento individual, para que o aluno possa entrar em contato com suas possibilidades e limitações corporais, deixando que o corpo mostre seu próprio caminho e tempo de relaxamento e descontração. Já na segunda etapa se estabelece, através da percepção, a cumplicidade dos alunos e seus ritmos, um jogo de grupo que fortifica a noção do coletivo.  As qualidades da energia física – estudo baseado em Arthur Lessac – buscando vivenciar a comunhão do corpo e estado de espírito que os diferentes níveis de energia física proporcionam; a respiração – trabalho de sensibilização e percepção da respiração e sua consequência no jogo teatral; espontaneidade ou exercícios de “não atuação”, que buscam a verdade sem tentar interpretá-la e, por fim, improvisação (que são as sequências de exercícios onde os alunos improvisam pequenas histórias analisadas posteriormente pelo grupo), estão no programa da oficina.

 

Liane Venturella é atriz e diretora, premiada por diversas montagens. Seu comprometimento com a dramaturgia inclui experiências importantes fora do palco, como produtora, diretora e figurinista. Aprimorou seus estudos teatrais em Londres no Mime School, curso de mímica com Ronald Wilson (1991) e Mask and the Actor, curso de máscaras com Lorna Marshall em 1992. Neste mesmo ano entrou para a Desmond Jones School of Mime and Phisical Theatre, onde participou, sob supervisão de Desmond Jones, de diversos espetáculos, alguns deles selecionados para o Festival de Inverno de Mímica, em Londres. Na Europa, estudou ainda na École Philippe Gaulier, cursando melodrama.

 

 

Alongamento e Expressão Corporal / com Paulo Guimarães

09 a 30 de janeiro e 11 a 25 de fevereiro – terças e quintas, das 12h às 13h30

Investimento: R$ 189,00 (uma vez semana) / R$ 239,00 (duas vezes por semana) / aula avulsa: R$ 50 reais. Desconto de 10% para pagamento à vista

 

A aula trabalha o tônus muscular aumentando os ângulos de flexibilidade através de técnicas de relaxamento. O que se pretende é que esses corpos sejam estimulados e desafiados ao novo, através de estruturas de movimento cada vez mais abertas, adquirindo assim uma maior inteligência corporal e liberdade de expressão.

Paulo Guimarães é bailarino, coreógrafo e coordenador do Meme – Centro Experimental do Movimento. Sua trajetória, envolvendo ensino e criação artística, se iniciou no curso de Educação Física da Universidade Federal de Pelotas (1986) ao trabalhar com crianças da periferia na pesquisa “Resgate de Brincadeiras”, que foi objeto de sua monografia de graduação. Como bailarino, possui formação em balé clássico, jazz, contemporâneo, moderno, dança afro e dança-teatro, tendo como principais mestres Berenice Fuhro Souto, Susana D’Ávila, Tony Abbott, Henrique Rodovalho, Ivonice Sati, Denise Namura e Ancelmo Zolla. Integrou as companhias gaúchas Transforma, Muovere e Anette Lubisco, além de participação como bailarino convidado no espetáculo Caixa de Ilusões, de Eva Schul com a Ânima Cia de Dança. Integrou ainda o elenco da Raça Cia de Dança, de São Paulo e da Quasar Cia. de Dança, de Goiânia. Entre 2002 e 2003, lecionou na Universidade Federal de Goiás, nos cursos de Teatro e Musicoterapia.

 

 

Dança Contemporânea / com Paula Finn

09 de janeiro a 06 de fevereiro, terças e quintas, das 18h às 19h

Investimento: R$ 140,00

 

O curso pretende trabalhar a consciência corporal com aluno, através de exercícios focados no contato com o chão e deslocamento pelo espaço.

 

Paula Finn é bailarina com formação em dança flamenca e contemporânea. Licenciada em Dança pela UFRGS, foi integrante do Grupo Experimental de Dança em 2014. Junto ao Coletivo Tônuma, criou o espetáculo Hiato e recebeu o Prêmio Açorianos 2016 de Melhor Bailarina pelo mesmo.

 

 

Dança Flamenca / com Paula Finn

09 a 27 de janeiro, terças e quintas, das 19h às 20h

Investimento: R$ 140,00

 

Realizada a partir da metodologia desenvolvida pela coreógrafa Silvia Canarim – uma das pioneiras do flamenco em Porto Alegre, com 25 anos de carreira -, o método promove o entendimento do cenário contemporâneo no qual essa expressão artística está inserida, como foco na consciência corporal e no estudo da técnica da dança.

 

 

Rituais e Afetos – Oficina Montagem / com Paulo Guimarães

09 a 30 de janeiro, terças e quintas, das 20h às 22h

Investimento: R$ 189,00 (uma vez semana) / R$ 239,00 (duas vezes por semana) / aula avulsa: R$ 50 reais

 

Observando o distanciamento das relações humanas em nossa sociedade, passamos a nos perguntar: o que nos afeta? Ou ainda, o que deixou de nos afetar? Movidos por essas questões e buscando múltiplas linguagens a oficina propõe aos alunos que compartilhem aquilo que lhes afeta e construam, com essas experiências, uma performance. O ponto de partida o afeto como solução para problemas essenciais ao resgate da nossa humanidade. Com isso, reunimos a coragem para falar de amor e fé num tempo de corrupção e violência.

 

 

Escrevendo sem inspiração: Curso de escrita criativa / com Emir Rossoni

16 e 18 de janeiro, terça e quinta, das 19h30 às 21h30

Investimento: R$ 120,00

 

Você gosta de escrever, mas muitas vezes a inspiração não vem? Esta oficina de escrita criativa oferecerá ferramentas e métodos para você começar e terminar de escrever sem sofrimento. Em dois encontros repletos de leituras, exemplos e exercícios, será possível desenvolver um método e um planejamento para você nunca demais depender da inspiração na hora de começar a escrever.

Emir Rossoni é Mestre em Escrita Criativa pela PUCRS e também trabalhou como redator e planejamento publicitário. Tem participação em doze antologias de contos e uma de poesia e cerca de 30 premiações na área da literatura, como o Prêmio Felippe D´Oliveira (quatro vezes), o Prêmio Escriba de Piracicaba (quatro vezes), o Prêmio Cataratas, entre outros. Também foi finalista do Prêmio Açorianos de Criação Literária em 2013 e do Prêmio SESC de Literatura em 2015, na categoria contos.

 

 

Oficina de Castanhola / com Paula Finn

17 de janeiro, quarta, das 20h às 21h45

Investimento: R$ 50,00

 

Destinado para bailarinos, músicas e interessados em geral, a oficina pretende apresentar as castanholas como um instrumento de percussão. Através do ensinamento de noções básicas do instrumento e de teoria musical, descobriremos que a castanhola e o samba têm tudo a ver!

 

 

Adriana Deffenti em: Voz, violão e conversa fiada / com Adriana Deffenti

17 de janeiro a 07 de fevereiro quartas, a partir das 22h

Investimento: R$ 25,00 – antecipados SYMPLA (+taxas) / na hora R$ 30,00

 

Adriana Deffenti apresenta uma série de canções que incluem composições próprias – de seus discos e trabalhos anteriores -, e outras que costuma tocar em seus momentos de intimidade, sempre com, e apenas, seu violão. Por isso a conversa fiada. Num ambiente para apenas 30 pessoas, é inevitável e surpreendente e, por vezes, hilariante a comunicação que surge com o público. Pra quem gosta de emoções sutis e/ou de tacar fogo em tudo.

 

 

Comunicação não violenta / com Carla Paludo

23 de janeiro, terça, das 16h às 18h

Investimento: os oficinandos decidem em comum acordo

 

Você reconhece e compreende o que está sentindo? A CNV é uma metodologia prática para resolver conflitos de forma simples e eficaz, contribuindo na descoberta dos sentimentos e necessidades por trás dos comportamentos.  Este bate papo irá enfatizar a questão da comunicação entre pais e filhos, ajudando a melhorar a comunicação e o entendimento de que todas as ações dos nossos filhos são expressões de necessidades humanas que todos buscamos satisfazer de algum modo. A ideia é aprender a observar sem julgamento, identificar e acolher sentimentos e as necessidades que eles comunicam, falar com empatia, escutar com profundidade, expressar as nossas necessidades de maneira mais assertiva, fazer pedidos positivos e práticos e resolver conflitos.

 

Paralelamente ao bate-papo com os pais, acontecerá uma oficina para as crianças, onde, por meio de brincadeiras lúdicas se dará o reconhecimento e validação de cada emoção. Esta atividade será ministrada por Lívia Nunes, psicóloga e acadêmica em tecido acrobático, e por Wagner Goulart, psicólogo e amante de teatro.

 

Carla Paludo, mãe do Yuri (18) e do Igor (5), começou a estudar e a praticar a comunicação não violenta com a chegada do Igor, despertando em si um desejo de aprender formas mais humanas e respeitosas de resolver conflitos. Então conheceu Dominic Barter, Juliana Corullón, Laura Gutman, entre tantos outros.  É empresária, facilitadora de grupos de comunicação não violenta e coach em educação consciente. Este ano deu vida ao projeto “Semear: educação consciente”, em que aborda a CNV, disciplina positiva e biografia humana para pais e educadores.

 

 

Focaccia à La Italiana / Com José Pinheiro

23 de janeiro, terça, das 19h às 22h

Investimento: R$ 95,00 para os primeiros três inscritos e R$ 110,00 para os demais. Mínimo 10 participantes.

 

Já imaginou aprender todos os segredos de como preparar uma focaccia italiana? A paixão pela culinária levou o José Pinheiro para a Itália em 2006. Durante os cinco anos em que viveu na Europa tornou-se sommelier pela AIS – Associazione Italiana Sommeliers. Sua experiência profissional foi adquirida em diferentes restaurantes de Milão e em eventos por todo o país, como a Vinitaly, uma das maiores feiras de vinhos do mundo, realizada em Verona. De volta ao Brasil, Pinheiro participa hoje da Federação Sommelier Internacional do Brasil e coordena a Sommellerie, em que oferece serviços de consultoria e formação.

 

 

Técnica vocal e interpretação para o canto / com Adriana Deffenti

23 e 30 de janeiro, terças, das 19h às 22h

Investimento: R$ 280,00 até 12/01 / R$ 300,00 até 19/01 / R$ 320,00 após o dia 19/01

Para classe artística: R$ 270,00 até 12/01 / R$ 290,00 até 19/01 / R$ 300,00 após o dia 19/01

 

O curso intensivo ministrado pela cantora e instrumentista Adriana Deffenti oferece a cantores, atores, bailarinos e interessados em geral, a oportunidade de trabalhar suas vozes em busca de uma expressão e projeção vocal livre de tensões, desenvolvendo a interpretação vocal e musicalidade como um todo. Para isso, são propostos exercícios de técnica (articulação, colocação, aquecimento) que desenvolvem a percepção do corpo-voz cantada; exercícios de interpretação (texto/subtexto da canção, texto musical versus texto verbal) visando o envolvimento mais profundo do intérprete com a canção e a resultante espontaneidade no ato de cantar; e, por fim, esclarecimentos em relação à amplificação da voz (sonorização) e exercícios para o melhor uso do microfone e voz amplificada. Esta oficina é dirigida a cantores de todos os estilos e gêneros musicais, do erudito ao pop, rock, soul, jazz, funk, blues.

 

Adriana Deffenti tem sua carreira permeada pela música, teatro e dança, mas foi na música que encontrou sua expressão mais forte. Instrumentista, compositora e cantora, transita pelos mais diversos gêneros, desde a MPB até a ópera, passando pela música latino-americana, folclore, flamenco. Como solista, seu foco está na voz e suas intermináveis maneiras de expressão, transitando naturalmente por diferentes estilos em interpretações dramáticas de técnica elaborada.

 

 

Astrologicamente Falando / com Fernanda Pozzebon e Luiza Momo

23 de janeiro, terça, às 19h30

Investimento: R$ 30,00

 

É verão no Meme Santo de Casa! E nada melhor do que falar de amor nessa época do ano. Por isso a quarta edição do Astrologicamente Falando – Astrologia como ferramenta de autoconhecimento apresenta o planeta Vênus e suas formas de amar. Nesse encontro, as astrólogas Fernanda Pozzebon e Luiza Momo vão conduzir um passeio astrológico pelo arquétipo do amor e da beleza, dos valores, relacionamentos e daquilo que nos é caro. Só podemos reconhecer no outro aquilo que reconhecemos em nós mesmos. As relações são espelhos de nossa alma, em que podemos perceber partes nossas antes desconhecidas e, sendo assim, Vênus é fundamental para a constituição da nossa identidade (Sol). Como é a sua autoestima? O que tem valor para você? Como você se relaciona com o amor? Você se ama por inteiro? São questionamentos que serão abordados nesta noite. Aberto para qualquer pessoa que se interesse pela Astrologia.

E as gurias são feras em muitos assuntos: Fernanda Pozzebon é astróloga, advogada, professora e mestre em Ciências Criminais na Faculdade de Direito da PUCRS. Tem formação em Reiki, Registros Akáshicos e Astrocartografia. Luiza Momo é astróloga, jornalista, pós-graduada em Psicologia Transpessoal, estudante de Mitologia e Simbolismo e integra o Círculo Feminino Sagrado – Tendas e Clãs do Sul.

 

 

Hiato Vivência / com Paula Finn

24 e 31 de janeiro – quartas, das 20h às 21h30

Investimento: R$ 70,00

 

Quando assistimos a um espetáculo, só temos acesso ao produto final de uma pesquisa. Mas você já pensou em conhecer o processo criativo de um artista? Nesta oficina a bailarina Paula Finn se propõe a compartilhar o processo de criação corporal do espetáculo “Hiato”, a partir das qualidades de movimento utilizadas na pesquisa. Partindo dos estados propostos pelos elementos vitais da natureza (terra, ar, fogo e água) a oficina é destinada tanto a artistas e estudantes de arte quanto ao público em geral que tenha interesse em vivenciar esta experiência. Hiato é um espetáculo de dança contemporânea assinado pelo Coletivo Tônuma. A montagem foi indicada em 10 categorias ao Prêmio Açorianos de Dança 2016, e recebeu os prêmios de melhor trilha sonora e melhor bailarina.

 

Paula Finn é bailarina com formação em dança flamenca e contemporânea. Licenciada em Dança pela UFRGS, foi integrante do Grupo Experimental de Dança em 2014. Junto ao Coletivo Tônuma, criou o espetáculo Hiato e recebeu o prêmio Açorianos 2016 de Melhor Bailarina pelo mesmo.

 

 

Desmontagem Evocando os mortos – Poéticas da experiência / com Tânia Farias

25 de janeiro, quinta, às 21h

Investimento: R$ 30,00

 

A atuadora Tânia Farias do Ói Nóis Aqui Traveiz participa da agenda cultural de janeiro do MEME Santo de Casa, com sua ‘desmontagem’ uma proposta de desvelar os processos de criação de algumas personagens de sua trajetória, que se mescla ao caminho da própria Tribo de Atuadores Ói Nóis Aqui Traveiz.

 

Seguindo a linha de investigação sobre teatro ritual de origem artaudiana e performance contemporânea, a desmontagem de Tânia Farias propõe um mergulho num fazer teatral onde o trabalho autoral do ator condensa um ato real com um ato simbólico, provocando experiências que dissolvam os limites entre arte e vida e ao mesmo tempo potencializem a reflexão e o autoconhecimento. Por meio da ativação da memória corporal, a atriz faz surgir e desaparecer as personagens, realizando uma espécie de ritual de evocação de seus mortos para compreensão dos desafios de fazer teatro nos dias de hoje. https://www.youtube.com/watch?v=MzqM6Ccl-w4

 

 

Maquiagem Artística / com Juliane Senna

28 de fevereiro, quarta, das 15h às 19h

Investimento: R$ 100,00

 

Uma vivência para nutrir a sensibilização dos indivíduos em relação a seus corpos. A oficina promove um contato com pigmentos naturais e tintas a base d’água dentro de atividades criativas usando também a plasticidade da argila para criação de um diferente envelope corporal.

 

Juliane Senna, profeissora de automaquiagem no núcleo de formação de atores da Casa de Teatro de Porto Alegre desde 2014, explora a relação do corpo com a matéria, a memória da pele, o feminino, o ritual e a ancestralidade em suas produções. A artista maquiadora iniciou seu trabalho em 2006 na produção de figurinos para o setor audiovisual. Em 2009 ingressou na MAC Cosmetics onde se desenvolveu como maquiadora. Desde então atua nas áreas da beleza, fotografia, cinema e artes performativas.

 

OFICINAS DE VERÃO MEME Santo de Casa

Inscrições abertas no MEME

26 a 29 de dezembro das 9h às 17h / A partir de 02 de janeiro das 9h às 22h

Mais informações pelo telefone 3019.2595 e 98257.0024

Formulário de inscrições: https://goo.gl/LUyT7M

 

COMBOS para os cursos de Paula Finn

Dança Flamenca + Contemporânea = 250,00

Dança Flamenca + Contemporânea = Um dos cursos gratuitos

Curso de Castanholas + Hiato Vivência = 100,00

 

Meme Santo de Casa Estação Cultural

Rua Lopo Gonçalves, 176 – Cidade Baixa. Fone 3019.2595

Email: centromeme@centromeme.com.br

Related Posts

  • 100
    Peça inédita de Mário Bortolotto celebra as mais de três décadas de existência do Grupo de Teatro Cemitério de Automóveis   - Temporada de 27 apresentações a preços populares - Foto-crédito - Lucas Mayor   “A arte só serve para alguma coisa se é irreverente, atormentada, cheia de pesadelos e…
    Tags: de, a
  • 100
    DEVIDO AO GRANDE SUCESSO, “2 FILHOS DE FRANCISCO – O MUSICAL” TEM SUA TEMPORADA PRORROGADA ATÉ 25 DE FEVEREIRO DE 2018 História de Zezé Di Camargo & Luciano, que levou mais de 5,3 milhões de espectadores ao cinema, está em cartaz no Teatro Cetip, em São Paulo Ingressos estão à…
    Tags: de, a
  • 100
    “GOSTÔSA – Uma Experiência no Erótico Feminino” é a forma que a atriz Maria Cecília Mansur encontrou para rechaçar o machismo e iluminar a autoestima da mulher. Dirigido por Marcelo do Vale, o espetáculo estreia às 21 horas de sábado, dia 5 de agosto, na SP Escola de Teatro (Praça…
    Tags: de, a
  • 100
           Apresentação acontece às 21h dentro do projeto “Além da Cena”. Cantora, atriz e compositora, Alessandra Verney se destaca como um dos principais nomes no Teatro Musical no Brasil. Depois do sucesso do lançamento do show em São Paulo, apresenta pela primeira vez no Rio de Janeiro o seu trabalho solo na…
    Tags: de, a
  • 100
    Devido ao grande sucesso em seu primeiro final de semana, a comédia Desesperados prorrogou sua temporada no Theatro Bangu Shopping até o dia 6 de agosto. A peça se apresenta neste sábado e domingo (29 e 30) às 20h e na próxima semana com sessão extra na sexta-feira, dia 4,…
    Tags: de, a

Deixe uma resposta