eventos

Cras Vila Reggio realiza atividades sobre o Mês da Consciência Negra

Celebrado em novembro, o Mês da Consciência Negra tem uma extensa programação organizada por diversos órgãos da Prefeitura de Campinas. Ao longo do mês, além dos debates e discussões sobre o tema, ocorrerão exposições artísticas, oficinas de fotografia, culinária, shows musicais e teatrais. Clique aqui e confira a programação completa.

Pela Secretaria de Assistência Social e Segurança Alimentar, as ações ocorrem nos territórios de abrangência dos Centros de Referência da Assistência Social (Cras) onde a população é atendida pelos serviços que compõem a rede socioassistencial. A equipe do Cras Vila Réggio preparou uma série de encontros para propiciar vivências e transformações junto à comunidade. O Centro atende os moradores da Vila Réggio, Jardim Rosália I, II e IV, B. Francisco Amaral, Shallon I, II e III, Parque Universal, B. Boa Vista, Núcleo Residencial Boa Vista, Vila Lunardi, Portelinha, Parque Pinheiro e Chácara Nova Boa Vista.

Na manhã desta quinta-feira, dia 9 de novembro, um grupo de famílias atendidas pelo Cras teve oportunidade de assistir ao filme “Histórias Cruzadas”. Na sequência houve uma reflexão sobre o tema. Para as próximas semanas estão previstas visita ao Quilombo Brotas, roda de conversa e jogos africanos.

A Secretária Eliane Jocelaine Pereira, de Assitência Social e Segurança Alimentar, destacou que as reflexões e atividades propostas têm, fundamentalmente, o intuito de enriquecer o diálogo a respeito dos malefícios do preconceito, do racismo e da intolerância religiosa.

O objetivo do Mês da Consciência Negra é promover ações que levem à reflexão sobre a história, a cultura e os desafios da comunidade negra no Brasil. As ações relacionam-se ao Dia Nacional da Consciência Negra, celebrado em 20 de novembro, data de morte de Zumbi dos Palmares, líder do Quilombo dos Palmares, em 1695. Zumbi é um símbolo de resistência ao sistema escravocrata brasileiro que se encerrou oficialmente em 1888 com a Lei Áurea, mas cujos reflexos ainda persistem na sociedade brasileira.

Comemorada há mais de 30 anos por ativistas do movimento negro, em 2003 a data foi incluída no calendário escolar nacional. Contudo, somente a Lei nº 12.519 de 2011 instituiu oficialmente o Dia Nacional de Zumbi e da Consciência Negra. Em Campinas, o Dia da Consciência Negra foi instituído por meio da Lei nº 11.128 de 14 de janeiro de 2002.

Programação

Data: 9 de novembro

Horário: 8h30 às 12h

Atividade: Exibição do filme “Histórias Cruzadas”

Local: Cras Vila Réggio

Data: 16 de novembro

Horário: 8h30 às 12h

Atividade: Visita ao Quilombo Brotas

Local: Itatiba

Data: 23 de novembro

Horário: 8h30h às 11h30h

Atividade: Roda de Conversa – Centro de Referência da Igualdade Racial

Local: Centro Público de Apoio ao Trabalhador (CPAT)

Data: 30 de novembro

Horário: 8h30 às 11h30

Atividade: Jogos Africanos

Local: Fazenda Roseira

Related Posts

Deixe uma resposta