agenda cinema

CINESESC Novembro/2017

 

MOSTRAS

REPESCAGEM 41ª MOSTRA INTERNACIONAL DE CINEMA DE SÃO PAULO.

Sessões extras de parte da programação da 41ª edição da Mostra internacional de cinema. De 2/11 a 08/11. Consulte horários, valores e classificação indicativa em sescsp.org.br/cinesesc.

_____________________________________________________________________

 

25º FESTIVAL MIX BRASIL DE CULTURA DA DIVERSIDADE. O Festival Mix Brasil de Cultura da Diversidade traz importantes realizadores do cenário mundial, contando com longas-metragens em competição e de atrações internacionais premiadas em festivais como Toronto, Cannes e Berlim. Neste ano, o Festival traz a São Paulo o diretor norte-americano Gus Van Sant, que abrirá uma mostra retrospectiva de seu trabalho no CineSesc. 16/11 a 22/11. Grátis (TTT). Consulte programação, horários e classificação indicativa em sescsp.org.br/cinesesc. Ingressos 1 hora antes.

_____________________________________________________________________

MOSTRA SESC DE CINEMA. Panorama da recente produção audiovisual brasileira independente. Exibição de 35 filmes, entre curtas e longas metragens de todas as regiões do país, produzidos nos últimos anos. 23/11 a 29/11. Grátis (TTT). Consulte programação, horários e classificação indicativa em sescsp.org.br/cinesesc. Ingressos 1 hora antes. Entre os títulos exibidos: Cores e Flores para Tita (Dir.: Susan Kalik, BA, 92 min). Tropykaos (Dir.: Daniel Lisboa, BA, 92 min). Catadores de História (Dir.: Tania Quaresma, DF, 95 min). Central (Dir: Tatiana Sager, RS, 2016, 87 min). Em 97 Era Assim (Dir: Zeca Brito , RS, 2016, 90 min). A Dama do Rasqueado (Dir.: Marinete Pinheiro, MS, 95 min). Matéria de Composição (Dir.: Pedro Aspahan, MG, 92 min). Limpam com Fogo (Dir.: César Vieira, Conrado Ferrato e Rafael Crespo, SP, 94 min).

_____________________________________________________________________

Especiais

BALADA LITERÁRIA 2017

Em 2017, o homenageado da Balada Literária é Torquato Neto. Haverá exibição de um filme sobre a sua trajetória e bate-papo com o cantor e compositor TOM ZÉ, que faz parte do documentário e foi um dos parceiros e amigos de Torquato Neto. Torquato Neto – Todas as Horas do Fim (Dir. Eduardo Ades, Marcus Fernando, Brasil, 2017, 88 min). Torquato Neto (1944-1972) vivia apaixonadamente as rupturas. Atuando em múltiplas frentes – no cinema, na música, no jornalismo –, o poeta piauiense engajou-se ativamente na revolução que mudou os rumos da cultura brasileira nos anos 1960 e 1970. Foi um dos pensadores e letristas mais ativos da Tropicália, parceiro de Gilberto Gil, Caetano Veloso e Jards Macalé. Junto à arte marginal, radicalizou sua atuação e crítica cultural, ao lado de Waly Salomão, Ivan Cardoso e Hélio Oiticica. Por fim, rompeu com sua própria vida. Suicidou-se no dia de seu aniversário de 28 anos.​ 12/11, às 18h30. Grátis. Ingressos 1 hora antes.

 

 

SESSÃO 35 MM. A proposta é, por meio da exibição no formato 35 mm, reavivar a experiência do cinema em película. De clássicos a filmes contemporâneos, o CineSesc convida para rememorar a fotografia em movimento.

Amor à Flor da Pele. (Dir.: Wong Kar-Wai, França/Hong Kong, 2001, 98 min. 16 anos). Chow (Tony Leung Chiu Wai) e sua mulher acabaram de se mudar. Logo, ele conhece Li-Zhen (Maggie Cheung), uma jovem que também acabou de se mudar com o marido. Ele trabalha para uma companhia japonesa, o que significa que está freqüentemente viajando. Como sua mulher também fica, muitas vezes, longe de casa, Chow passa muito tempo com Li-zhen. Eles se tornam amigos e, um dia, são forçados a encarar os fatos: seus respectivos parceiros estão tendo um caso.13/11, às 21h30. R$17. R$8,5 (SSS). R$5 (TTT).

_____________________________________________________________________

 

 

KARINGANA – LICENÇA PARA CONTAR (dir.: Monica Monteiro, Brasil, 2017, 73 min, 10 anos). Maria Bethânia leva pela primeira vez o seu ensaio poético até Moçambique. A intérprete apresenta trechos de obras conectadas com diferentes formas de expressão em língua portuguesa. Com depoimentos de Mia Couto, José Agualusa e de diversos escritores e críticos de Moçambique e Angola, o documentário apresenta o desenvolvimento da literatura nos dois países, tratando de sua importância na resistência à colonização, a conexão com os idiomas nativos, as tradições orais e a influência de escritores brasileiros. 26/11, às 19h00. Sessão seguida de bate-papo com Mia Couto e José Agualusa. Grátis. Ingressos 1 hora antes.

_______________________________________________________________

CINEMA DA VELA • Festival Mix Brasil de Cultura da Diversidade. Bate-papo sobre o os filmes do Festival. “Cinema de Inclusão”. Com Bruno Ribeiro (diretor do curta “Pele Suja Minha Carne”) O Cinema da Vela irá discutir inclusão no cinema e no audiovisual, em especial a representatividade de personagens negras e periféricas no audiovisual, em especial no cinema LGBTQ. Entre as questões a serem levantadas na discussão estão autoria, poder de fala e espaços de exibição. 21/11, às 19h30. Livre.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Crianças


CINECLUBINHO. Sessões semanais para crianças. Ingressos 1h antes. Livre. Grátis. Domingos, 11h.

Festa no Céu (Dir.: Jorge R. Gutierrez. EUA, 2014, 95 min.). O jovem Manolo tem dúvidas entre cumprir as expectativas impostas por sua família de toureiros ou seguir a vontade de seu coração – que leva à música. Tentando se decidir, ele embarca em uma viagem por três diferentes mundos: o dos Vivos, o dos Esquecidos e o dos Eternizados. Ele encontra figuras marcantes e conta com o apoio do amigo Joaquin e da amada Maria. Dia 5/11.

Rock Dog (Dir.: Ash Brannon. China, EUA, 2016, 80 min.). Quando um rádio cai do céu, diretamente nas mãos de um atônito Bodi, cão da raça mastim tibetano, ele decide sair de casa em busca da realização de seu maior sonho: tornar-se músico. A partir de então, Bodi se depara com diversos acontecimentos inesperados.12/11.

Cineclubinho Especial Festival Mix de Cinema – Guigo Offiline (Dir.: René Guerra, 2017, 52min.).  Guigo, um menino de 12 anos, está apaixonado por Sabrina, com quem troca mensagens pelo celular. Ele é filho de pais separados. Certo dia, ele e seu amigo Túlio viajam com seu pai, Roberto, e o amigo dele, Paulo, para uma pescaria. A viagem teria tudo para dar certo, se houvesse sinal de internet. A falta de comunicação deixa Guigo ansioso para marcar um encontro com Sabrina. Além disso, ele terá ainda de lidar com outra situação: antes que Roberto conte ao filho, Guigo descobre que Paulo é, na verdade, namorado do seu pai. 19/11.

Cineclubinho Especial Mostra Sesc de Cinema. Sessão de curtas metragens infantis selecionados para a Mostra Sesc de Cinema.

 O  Melhor Som do Mundo (Dir: Pedro Paulo de Andrade, São Paulo – SP, 2015, 13min.) Vinicius não coleciona figurinhas, nem carrinhos, nem gibis. Ele coleciona sons. Mas será possível encontrar o melhor som do mundo?

Lipe, o Vovoô e o Mostro (Dir: Felippe Steffens e Carlos Mateus. Porto Alegre-RS, 2016, 9min.) Um menino vai passar o final de semana no sítio dos avós. Durante uma pescaria, ele conhece um segredo de seu avô, e acaba fazendo uma nova e inusitada amizade. Este filme foi realizado em conjunto com os alunos do 2º ano da escola municipal de ensino fundamental Vereador Antônio Giudice, em Porto Alegre. O

Menino Do Dente De Ouro (Dir: Rodrigo Sena ,2014 |Natal, RN | 15 min.) Na ida para o colégio, Wesley acaba se envolvendo em uma trama perigosa e lucrativa. O limiar da inocência de uma criança e o despertar para a juventude.

Meu Tio Que Me Disse (Dir: Vanusa Angelita Ferlin, 2015 |Florianópolis, SC| 10 min.) Tatiana é uma menina muito curiosa e está intrigada com o fato de toda a cidade estar eufórica com a data de Natal. Numa manhã de dezembro, sua mãe se depara com a pergunta: Papai Noel existe mesmo? A partir da resposta da mãe, a “pergunta” vai ao quintal brincar com os amigos dela, que respondem com muita imaginação.

Astrogildo E A Astronave (Dir: Edson Bastos, 2016 |Ipiaú, BA | 18 min.) Astrogildo anuncia para jornalistas do mundo inteiro que o seu mais novo invento, uma Astronave que liga o homem a Deus, vai voar dentro de um dia. Com a ajuda de Finício, um menino que sonha em conhecer seu pai, que foi para o céu com a ajuda de um avião, Astrogildo terá de enfrentar seus medos para conseguir voar. 26/11.

 

 

 

CURSOS. R$40. R$20 (SSS). R$10 (TTT). LGBTs no Cinema Brasileiro – Panorama Histórico Séculos XX e XXI. O curso traça uma linha do tempo cronológica, ao longo das décadas do século XX, chegando até os dias atuais, passando pelas décadas de 2000 e 2010. Para compor essa trajetória, serão citados, comentados e debatidos diversos filmes (incluindo exibição de pequenos trechos dos mais marcantes e simbólicos): filmes brasileiros que trazem personagens LGBTs em suas tramas. Com o cineasta, escritor e jornalista Lufe Steffen.  13, 14, 16 e 17/11. Segunda, Terça, Quinta e Sexta, das 19h30 às 21h30. Credencial Plena a partir de 30/10. Demais categorias a partir de 06/11.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Exposição

A BANDA AMARELA CHEGA À ETIÓPIA SAGRADA – EDUARDO VER. Painéis xilográficos produzidos com matrizes em grande formato e impressos em papel SB colorido. Com inspiração nas matrizes sagradas africanas, o trabalho presta reverência ao povo Etíope que tem seu território como sagrado por ser o berço das civilizações. A Banda Amarela navegando pelo Nilo Azul chega à Etiópia para tocar e dançar com “Os Caras Queimadas” como ficou conhecido os Homens que viviam, no coração da África. Livre. Grátis. Segunda a domingo, 14h às 21h30.

 

 

 

SERVIÇOS

 

ALIMENTAÇÃO. CAFÉ. Segunda a domingo, 14h às 21h30. BAR. Localizado dentro da sala de cinema, conta com uma janela de vidro que é possível visualizar o filme, além de oferecer um cardápio com bebidas, salgados e doces. Serviços a partir da segunda sessão regular, diariamente.

 

ESPAÇO DE LEITURA. Ambiente que oferece diversos jornais e revistas de temáticas variadas para leitura local. Livre. Grátis.

SESC EMPRESA. Programa de relacionamento com empresas para ações de credenciamento e participação de grupos de funcionários em atividades promovidas pelo Sesc. Informações: (11) 3087-0500

LOJA SESC. Linha de produtos exclusivos, livros das Edições Sesc e CDs e DVDs do Selo Sesc.

CENTRAL DE ATENDIMENTO/LOJA SESC/BILHETERIA. Segunda a domingo, 14h às 21h30.

 

BICICLETÁRIO. Espaço destinado a estacionamento de bicicletas.

Related Posts

Deixe uma resposta